A Éden Jardim Agricultura Biodinâmica tem por princípio fazer Agricultura Biodinâmica, em comunidade, de maneira sustentável. O cuidado com as pessoas e o ambiente e a integração, responsabilidade e comprometimento social também embasam nossa proposta. Queremos com este trabalho deixar um presente para o mundo. Buscamos a cura da terra, a produção de alimentos com a verdadeira vitalidade, o respeito ao meio ambiente, ao agricultor com suas tradições e ao co-produtor.

A Agricultura Biodinâmica nasceu em 1924 em um ciclo de palestras realizadas em Koberwitz, atualmente Polônia. Ela é mais uma das aplicações práticas da Antroposofia criada por seu fundador, Rudolf Steiner (1861-1925). Antroposofia (que significa “o conhecimento do ser humano” ou “consciência da humanidade” foi definida por ele como um caminho para o conhecimento, para guiar o espiritual do ser humano dentro do espiritual do universo.

Steiner considerava a Antroposofia como sendo a Ciência do Espírito e um complemento necessário a Ciência Natural. Ela trata de abrangentes questões como: o propósito da vida, os aspectos físicos e não físicos da constituição humana, a natureza da divindade e do cosmos e o entendimento de todas as leis universais que influenciam e governam a vida. Antroposofia é uma filosofia, não é uma religião e pessoas de todas as religiões ou as que não tem alguma, descobrem nela respostas sobre: O que é ser um Ser Humano?

Assim como a Agricultura Biodinâmica, a Antroposofia tem sido aplicada em várias outras maneiras práticas em benefício de pessoas e de comunidades, incluindo aplicações em educação (Escolas Waldorf), medicina (Medicina Antroposófica), educação curativa (Euritmia), farmácia, sociologia, economia e diversos ramos das artes.
Liberdade é o seu centro, seu coração e Steiner foi sempre insistente que a Antroposofia não deveria forçar sua existência sobre as pessoas. Ao invés disto, algo que deveria ser descoberto por aqueles indivíduos que “sentem que certas questões da natureza dos seres humanos e do universo como uma necessidade de vida, assim como alguém faminto ou sedento”.
O ponto central da Agricultura Biodinâmica é considerar a propriedade rural como um organismo agrícola, com seus vários órgãos, centralizado no ser humano. Isto confere uma individualidade agrícola a cada propriedade, sanando o meio ambiente e produzindo alimentos adequados ao ser humano. Segue-se a sazonalidade e o ciclo de vida dos minerais, plantas,animais e homem, regidos pela atuação do Cosmos. Devolvemos à agricultura sua força original criadora e fomentadora cultural e social, proporcionando a todos(as) compreender-se em uma relação ética com a terra e os minerais, as plantas, os animais e os humanos. Assim como na agricultura orgânica, a Biodinâmica não utiliza adubos químicos, venenos, sementes transgênicas, antibióticos ou hormônios. A agricultura biodinâmica usa preparados, aplicados de forma homeopática, feitos de plantas em um envoltório animal, doando vitalidade aos alimentos. Os alimentos biodinâmicos têm alto valor biológico e nutricional, cultivados e processados seguindo novos parâmetros culturais, espirituais, sociais e econômicos.

A nutrição tal como se apresenta hoje não mais supre a energia necessária para manifestar o espírito na vida física. Não proporciona a construção da ponte ou conexão essencial entre o pensar, o querer e a ação. As plantas alimentícias não mais contém que as pessoas necessitam para isso.

Rudolf Steiner